Existem diversos tipos de indicadores para se medir o fator da desigualdade social em uma conjuntura global, nacional, estadual ou regional, sendo, porém, que nenhum desses índices é totalmente seguro, uma vez que uma população é constantemente mutável, não sendo possível estabelecer cálculos exatos nem definitivos sobre desigualdade social. São índices desenvolvidos através de teorias e pesquisas e que são refeitos de tempos em tempos para que sejam sempre atualizados, conforme as mudanças ocorridas em uma sociedade com o passar do tempo.

Abaixo, seguem alguns dos índices mais usados no Brasil e no mundo, para se medir o fenômeno da desigualdade social, índices estes que são agregados a outros aspectos da sociedade que não só o social, como também o econômico.

Produto Interno Bruto (PIB) – Índice utilizado para se obter a soma em valores monetários de todos os produtos, bens e serviços finais produzidos por uma região, que pode ser um país, um estado, uma cidade, um distrito, ou um município, durante um período de tempo (mês, trimestre, semestre , ano, etc.). O PIB é o principal índice para se medir a atividade econômica de uma região.

Renda Per capita – Ou rendimento per capita (do latim=por cabeça, ou por pessoa), é um indicador que auxilia para se saber o grau de desenvolvimento de uma determinada região, onde é extraído o resultado da soma de todos os salários da população e dividido pelo número de habitantes, quando, do resultado, se obtém o produto nacional bruto. Embora seja um índice muito válido, é paliativo para mensurar a desigualdade social, pois não leva em conta as disparidades entre as diferentes classes sociais decorrentes no processo de cálculo.

IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) – É um índice criado pela ONU através do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) que, através de comparação, estabelece o grau de desenvolvimento humano de cada país, fazendo a separação entre os mais desenvolvidos (com elevado IDH), os países em desenvolvimento (com médio IDH) e os subdesenvolvidos (com IDH baixo). O índice de Desenvolvimento Humano é uma estatística composta através de dados levantados sobre um país em relação à expectativa de vida ao nascer, e em relação à educação e o PIB do país; esse último, como um indicador geral do padrão de vida da população.

Vale ressaltar que todos esses índices, aliados a dados levantados sobre uma determinada sociedade, promovem resultados mais precisos sobre a desigualdade social em uma região, e que se obtêm resultados através de estudos e levantamentos periódicos nessas determinadas localidades, países etc.